Site de divulgação matemática   -   Explicações    -   Vídeos
Matemática online
Algoritmo da raiz quadrada versão para imprimir - aqui Existem várias formas de nos aproximarmos do valor da raiz quadrada de um número. Uma delas, a equação de Pell, permite encontrar a parte inteira para de uma raiz quadrada de uma forma simples e rápida, apenas recorrendo à subtração de números inteiros ímpares e contando o número de operações efetuadas. Exemplo 1 Qual a parte inteira da raiz quadrada de 32. 1º. 32 – 1 = 31 2º. 31 – 3 = 28 3º. 28 – 5 = 23 4º. 23 – 7 = 16 5º. 16 – 9 = 7 Não se dá continuidade ao processo, uma vez que na próxima subtração o valor que se irá obter é negativo. Como foram feitas 5 subtrações, a parte inteira da raiz de 32 é 5. Exemplo 2 Qual a parte inteira da raiz quadrada de 36? 1º. 36 – 1 = 35 2º. 35 – 3 = 32 3º. 32 – 5 = 27 4º. 27 – 7 = 20 5º. 20 – 9 = 11 6º. 11 – 11 = 0 O número de subtrações feitas foi 6, assim a parte inteira de raiz quadrada é 6 e como na última subtração o resultado foi zero, significa que 36 é um quadrado perfeito e a sua raiz é o valor 6. Este método acaba por nos dar o valor da raiz quadrada quando se trata de quadrados perfeitos, caso contrário apenas ficamos a saber o valor da parte inteira da raiz quadrada de um número. Contudo, existem outros métodos que nos permitem obter melhores aproximações, como é o caso do próximo algoritmo. Algoritmo que permite calcular a raiz quadrada de qualquer número e com a aproximação desejada. Vamos analisar o método através de alguns exemplos. Exemplo 3 Como calcular o valor da raiz quadrada de 1225, isto é, . 1. Começamos por dividir o número 1225, da direita para a esquerda, em classes de 2 algarismos. 2. Calculamos mentalmente o número, cujo quadrado seja o valor mais próximo da classe da esquerda, mas nunca superior. No exemplo é o número 3, pois 32 = 9, mas 42 já é superior a 12, colocamos esse número no espaço à direita. 3. Coloca-se o quadrado do número que encontrámos debaixo da classe da esquerda e fazemos a subtração. 4. À direita da diferença escreve-se o seguinte grupo de algarismos (25) e debaixo de 3 escreve-se o seu dobro. 5. De 325, separa-se o algarismo da direita, 5, e divide-se o número à esquerda, 32, por 6, obtendo-se 5. Coloca-se este valor à direita de 6 e multiplica-se o número obtido pelo mesmo valor do quociente, o 5. 6. O produto obtido tem de ser menor ou igual ao número que se encontra à esquerda. Se for, efetua-se a subtração do número da esquerda pelo produto e aceita-se o 5 como o segundo número da raiz quadrada. Caso contrário temos de ir diminuindo o valor do quociente até encontrar um em que o produto seja inferior. Logo, . Exemplo 4 Determinar  com um erro inferior às centésimas. 1. Começamos por dividir o número 34627, da direita para a esquerda, em classes de 2 algarismos. 2. Calculamos mentalmente o número, cujo quadrado seja o valor mais próximo da classe da esquerda, mas nunca superior. No exemplo é o número 1, pois 12 = 1, mas 22 = 4 já é superior a 3, colocamos esse número no espaço à direita. 3. Coloca-se o quadrado do número que encontrámos debaixo da classe da esquerda e fazemos a subtração. 4. À direita da diferença escreve-se o seguinte grupo de algarismos (46) e debaixo de 1 escreve-se o seu dobro. 5. De 246, separa-se o algarismo da direita, 6, e divide-se o número à esquerda, 24, por 2, obtendo-se 12. Como o número obtido é superior a 9, vamos começar por considerar o 9, colocando-o à direita de 2 e multiplica-se o número obtido pelo mesmo valor considerado. Como o produto obtido é superior a 246, vamos descartar o número 9 e experimentar um número inferior, o 8. Dado que 224 é inferior a 246, aceita-se o 8 como segundo número da raiz quadrada e efetua-se a subtração do número da esquerda pelo produto obtido. 6. À direita da diferença escreve-se o próximo grupo de algarismos (27) e debaixo de 18 o seu dobro. 7. Tentamos agora encontrar um número que ao colocar à direita de 36 e multiplicando por esse número obtemos um produto igual ou inferior a 2227. Comecemos por experimentar o 7. Não serve o 7, pois 2569 é superior a 2227, tentemos agora com o 6. Este número já deverá ser aceite pois é inferior a 2227, aceita-se o 6 como terceiro número da raiz quadrada e efetua-se a subtração do número da esquerda pelo produto obtido. Desta forma, obtivemos a parte inteira da raiz quadrada que é 186, podemos continuar o processo para obter uma melhor aproximação, para isso vamos acrescentado 00 como o próximo grupo de números, à direita de 186 colocamos uma vírgula e por baixo o seu dobro. 8. Tentamos agora encontrar um número que ao colocar à direita de 372 e multiplicando por esse número obtemos um produto igual ou inferior a 3100. Mas qualquer número que se coloque à direita de 372 fará com que fique superior a 3100, então a única solução será o 0. Adicionamos o 0 ao valor da raiz e acrescentamos mais um grupo de 00. 9. Introduzimos o dobro de 1860 (não consideramos a vírgula) e voltamos a procurar um algarismo que ao colocar à direita de 3720 e multiplicando por esse algarismo dê um número igual ou inferior a 310000. Verificamos que não serve o algarismo 9, mas 8 é o algarismo procurado. Acrescentamos 8 ao valor da raiz e subtraímos o produto ao número da esquerda. Desta forma obtemos o valor aproximado da raiz quadrada com erro inferior às centésimas, , pode-se dar continuidade ao algoritmo até obter a aproximação desejada.
Início Início Sobre Sobre
@2017 por Nuno Rosário
Contacto 965476488 geral@matematicaonline.pt